Onde acaba a mãe?

Faz algum tempo que venho pensando nisso, será que em algum momento acaba a mãe e começa a mulher?

Mas lendo o post de hoje no Minha mãe que disse decidi tirar esse post do rascunho rs…
Eu sou daquelas que me realizei na maternidade, faria tudo novamente, cuido primeiro da cria e depois penso em mim.
Confesso que os dois primeiros meses após o nascimento da pipoca foram terriveis, cansativos, esmagadores até.
Eu vivia para amamentar, dar banho, trocar, atender o telefone para dar noticias da Isa, receber as visitas para a Isa, comia e bebia para ter mais leite, ou seja, vivia mesmo para minha filha.
Depois a nova rotina foi tomando conta da minha casa, eu aceitei aquela minha nova condição (MÃE) e então tudo ficou mais leve.
Hoje 1 ano e quase 4 meses depois, digo que continuo realizada na maternidade, que os desafios foram vencidos um a um, que sou imensamente feliz pelo fato de ter a Isadora aqui comigo e que sim eu quero mais filhos e logo!
Hoje eu ainda vivo por ela, mas aprendi que depois que minha filha dorme é meu momento….
A louça fica na pia, a mesa desarrumada, os brinquedos todos no chão da sala, e eu fecho os olhos para isso, sento no sofá com o marido e pronto, virei mulher kkkkkk.
Com o perdão da palavra, me sinto uma puta mãe, amamentei por 5 meses, fiquei sozinha com minha filha depois que ela completou um mês, sem ajuda de ninguém, cuidei dela e da casa e do marido, não foi nada fácil, mas posso dizer que vivi todos os sabores e dissabores de ter um bebe novo em casa e a casa, marido e a mim pra cuidar!
Isso claro que não faz de mim uma mãe melhor, mas pra mim isso tem um valor enorme, o de ter conseguido!!!!!
Hoje pipoca fica com os tios ou os avós, eu saio, passeio, passo um tempo com o marido, e depois volto inteira, para então exercer meu papel de mãe.
Tenho dias de puro desespero, queria dormir um pouco mais, comer uma comida quentinha, conseguir pelo menos tomar um café com leite, mas então eu me lembro que mães que conseguem fazer isso tudo são mães de novela.
Sabe aquelas mães que acabaram de parir e estão magérrimas?
Sabe aquelas mães que se sentam para tomar café da manhã com uma mesa farta e o filho do ladinho quietinho olhando o móbile?
Sabe aquelas mães que deixam os filhos em casa e saem para dançar e sempre conseguem um novo namorado?
Sabe aquelas mães que trabalham fora sem culpa?
Então amigas, essas mães só existem na novela do Manoel Carlos, porque na vida real, na nossa vida, as coisas são mais reais e mais divertidas rs!!!
Então bate aqui 0/ as mães reais, as mães Panda( cheia de olheiras), as mães que comem comida fria, que quando saem de casa sem filhos se sentem culpadas, as mães que amam e por vezes se perderam de si mesmas!!!!!!!!
Beijos e uma ótima semana!!!!m


8 comentários:

  1. Sylvia disse...:

    Puxa, que post lindo!!! A gente esquece mesmo no começo como é ser mulher, mas o importante é a gente conseguir se reecontrar depois de um tempo. Eu ainda as vezes me encontro me procurando... mas aos poucos vou me achando!!! rsrsrs
    Passa lá no blog que iremos fazer nosso primeiro sorteio!!! Beijos mil

  1. 3N Scraps disse...:

    Fe, adorei o post!
    Esteja certa que não sou mãe de novela kkkk, cuido das crianças, da casa, agora do "marido" tbm... e ainda trabalho fora, o bom é que sou caseira na escola onde eu trabalho, dai fica um pouco mais fácil pra mim, sempre que da dou uma fugidinha pra olhar as crias.

  1. Rita disse...:

    Amiga, eu AMEI esse post e concordo em número, gênero e grau!! Tudo que vc falou reflete exatamente o que eu penso, e faço rsrs Amei!!!

  1. Oi...Este post ta muitooo girooo :)
    Ser mae, esposa e mulher nao e' facil...rsrs

    Beijo e me visite querida;)

  1. Rafaella disse...:

    Adorei...
    Menina, não é facil ser mãe, as vzs imploro querendo um tempo para mim, mas deixa acontecer alguma situação de ter que sair sem ele para ver se não fico doida, e não querer sair rs...
    Mas como é especial ser mãe, é tudo de bom, não troco por nada rs...
    bjos
    OBS: Quero comida quente tbm, adoro hahahaha..

  1. pois é sou bem destas ai viu rsrsrsrsrs as coisas não são nada faceis para as mães da vida real mas depois que agente descobre que é isso mesmo então vamos que vamos rsrsrsrsrs

    beijos e beijos

  1. Olá, estou passando aqui para convidar você para conhecer meu doce blog.

    Quando puder passe por lá, vai ser um prazer ter sua companhia.

    www.tatidesignercake.blogspot.com

  1. Cris Oliveira disse...:

    Fê. Adoreiii o post. Alias, vez ou outro passo aqui mas nunca dá tempo de comentar. .sabe como é.. com nossos pimpolhos não dá tempo pra quase nada. Adorei sua última frase... mãe panda ..que se perderam de si mesmas.. é assim mesmo. srrs E posso afirmar que no segundo é tudo igual.. srsr só a ansiedade que diminui bastante, mas o resto é mais acelerado ainda.. srs Adoro seus posts. beijos em vc e na pipoca. ;)

Postar um comentário

COMENTE AQUI