Existe vida após a Maternidade?


Eu pensava que não, mas descobri que posso fazer que sim!!!
Sexta-Feira eu surtei, sim surtei geral com a vida e o marido.
Faz exatamente 2 meses e meio que minha pipoquinha nasceu, e desde então tenho vivido plenamente e alegremente a maternidade, chegando a me anular para ver minha pequena feliz, mas dai descobri que EU não estava feliz e bem, sentia falta de me encontrar novamente entendem?
Pois bem comecei a perder a paciência facilmente com a Isa, irritada com o marido, enfim, percebi que Mãe infeliz é igual a filhos infelizes e casamentos infelizes!!!
Estava me sentindo péssima, feia, gorda, velha, com a "auto"estima a zero, ainda estava usando as calcinhas de grávida, as roupas de gravida,os sutiens de amamentação, e tudo estava largo de mais em mim, já que perdi 10 dos 16 kilos que ganhei na gravidez.
Meu cabelo esta ressecado e minha pele toda manchada e com espinhas, não usava mais minha bolsa, já que pra levar menos coisa coloquei minha carteira na bolsa da Isadora, enfim me perdi no caminho e não conseguia mais voltar!
Pois na Sexta-Feira me abri com o marido,desabafei, chorei e decidi: Amanhã vou as compras SOZINHA!!!
Estamos apertados de grana, pois junto com o nascimento da pipoquinha veio a mudança de casa, e nosso orçamento apertou, mas precisava investir em mim, muito.
Sabado acordamos, tomamos café, fomos para nosso passeio matinal com a Isadora pelo condominio, almoçamos e marido e filha foram pra casa da sogra e eu fui as compras.
Tinha tudo na minha cabeça o que ia comprar, langeries, blusinhas,calça, esmaltes.....
Mas assim que marido me deixou logo vi uma loja de roupas infantis, entrei e gastei 90% do que tinha com a Isadora!!!!!
Como assim? Era pra mim, mas me lembrei de um ditado antigo: depois que você tem filhos só pensa neles, e provei do meu proprio veneno hehe.
Com o que sobrou comprei roupas pra mim, justas e do tamanho certo, ai como foi bom, me senti mulher novamente e não só mãe.
Senti muita saudades da minha pequena, mas percebi que preciso ficar sozinha comigo mesma, pra minha saúde mental, e o peso na consciência?
Não tive! POdem me criticar e tudo, mas foi verdade.
A noite fomos nós 3 passear em familia, ai sim, momentos maravilhosos,únicos, felizes e necessários também!
Nem preciso dizer que metade do shopping olhava pra Isadora e sorria né, ainda mais agora que ela ri pra todo mundo, conversa, brinca, uma fofa!!!
Foi um passeio ótimo.
Domingo fizemos churrasco aqui em casa, almoçamos, e depois nosso passeio diario com a pequena, aproveitar o sol maravilhoso que apareceu e deixar minha branquela com um pouquinho mais de cor né!
A noite fomos a Igreja e ela usou vestido pela primeira vez, não me deu um pingo de trabalho, assisti ao culto todo!
Saldo do final de semana: Mãe feliz, familia feliz!!!!
Fotos do final de semana

Tomando bainho.


pronta para sair

Primeira vez de vestidinho

Enfim foi isso!!!!


9 comentários:

  1. Mi Müller disse...:

    Ah é tão fácil a gente se perder nesse caminho da maternidade né? Bom te ver assim mais animada e buscando o teu caminho.

    estrelinhas coloridas...

  1. Ranne Cássia disse...:

    sei bem como vc se sente... eu sou mãe e dois e cada um nasceu numa fase mto particular da minha vida... qndo a Fia nasceu eu tinha 15 anos, era estudante... novinha... qndo o o Fí nasceu eu já era formada, trabalhava, tinha um relacionamento sério... enfim... fases diferentes, mas em nenhum dos dois casos eu achei justo me anular por nenhum dos dois... com a Fia não sofri tanto (mais a amamentação no começo... meus peitos jorravam em sala de aula), mas com o Fí foi mto difícil... já teve vezes de eu querer sair correndo de casa e só voltar um mês depois kkkkkkkk... mas logo a gente se adapta... sinceramente (e agora não falando como mãe), esse seu sentimento é saudável... perigoso seria uma simbiose e não é o seu caso... acho q vc tá no caminho certo... logo a pequena não será mais uma estranha na casa e a casa não será mais tão estranha pra ela... aí tudo de ajeita! ^^

  1. É amiga, sei bem como é... mas passa viu?

  1. Pois é, Fê! Como as meninas já falaram, tudo passa. Tudo é uma fase, um aprendizado, uma descoberta. Sempre sua atenção se voltará pra ela. Vc vai se sentir como se ela sempre existisse em sua vida. É um sentimento de posse e doação e que é preciso dosar mesmo. Mas isso a gente vai aprendendo no dia a dia, com o apoio familiar...
    Adorei o bloguinho e já adicionei lá no meu tb: http://eueospequenos.blogspot.com/
    Beijos

  1. Valqs disse...:

    Oi.. nossa a Isadora tá linda.. aqui em casa sempre tenho esses momentos de sair sozinha.. primeiro por que eu adoro dar um passeio sem compromisso.. segundo que marido fica fim de semana com o filho.. ai eles fazem os passeios de garotos e eu o de menina..kkkk mas é muito bom, confesso que no inicio eu me sentia super sozinha sem meu filhote e também sentia que estava largando ele.. mas isso é bobeira.. temos que nos cuidar sim.. parabéns.. bjim
    ah.. pequeno detalhe é gastar o dinheiro com coisas para os filhotes.. afinal, somos mães 24 horas né?? não tem jeito.. e tem algum momento que eles saem da nossa cabeça??? bjão

  1. Rita disse...:

    Amiga, sei que você nem vai ler isso agora...Mas vim aqui olhar pra vocês, e ver essa carinha de felizes de vocês 3, porque sei que muito em breve tudo que aconteceu não vai passar de um pesadelo que acabou, e logo serão só alegrias, paz e plena felicidade!! Estou em oração por vocês o tempo todo, pensando muito em vcs, e mandando muita energia positiva viu? Fiquem com Deus, amo vocês!!

  1. Amiga estou torcendo pela recuperação de vocês devido o acidente. Não paro de pensar em vocês e de mandar boas vibrações. desejo que o cara pague pelo o que fez e que vocês se recuperem. Amo muito vocês viu! Muito mesmo!

  1. Fe, primeira vez que entro no seu blog, engracado esse post foi a mesma,mesminha coisa que aconteceu comigo...
    Gente, como ser mae é ir do céu do inferno, como vc disse...
    Mais é em todas as dificuldades que encontramos mais possibilidades...
    Hoje tendo continuar sendo mulher, além de mae, o que é uma luta.. Pq nos sentimos culpadas por tudo, mais precisamos ser mulheres...
    A questao da bolsa, eu fazia igual vc, colocava a minha carteira na bolsa dela, agora coloca as coisas dela na minha bolsa...kkkk...Mto bom seu blog, PARABENS..Bjks Nick e Madú

  1. Wanessa & Davi disse...:

    Olá... hoje o meu bebezinho (davi) tem exatamente a mesma idade da sua na epoca em que escreveu e estou sentindo a mesma coisa ..igualzinho.. muito perdida, gorda,feia e até sem vontade de estar perto do marido..acho que vou seguir a sua dica.. eu costumava adorar o shopping..

Postar um comentário

COMENTE AQUI